Sobre Nós

O que é a mãe especial?

A Mãe Especial é uma empresa com missão social criada para contribuir com a transformação da percepção em relação a pessoa com deficiência. A empresa foi fundada no Brasil em 2010 por Antonia Yamashita durante o processo de inclusão de seu filho primogênito, Lucas, que teve paralisia cerebral e sua logomarca foi desenhada como símbolo de aceitação social da deficiência. 

O apoio aos pais, os projetos e a divulgação da marca é a missão social que fornece as ferramentas para que outros possam abraçar a diversidade, educar a sociedade, e fortalecer um ao outro para amar a vida. As pessoas com deficiência estão em toda parte. Cerca de 15 por cento da população mundial, ou cerca de 1 bilhão de pessoas, vivem com deficiência. Eles são a maior minoria do mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).    

A empresa foi iniciada tendo como base o sonho da mãe e do pai de Lucas, Fabio, em viver numa sociedade mais inclusiva e acolhedora. Após anos ministrando palestras e cursos na area de educação inclusiva, a mãe desenhou a logomarca que se tornou rapidamente em uma linha de camisetas e jóias, surgindo outros produtos na sequencia. O bjetivo da marca e sua linha de produtos é mostrar o orgulho da deficiência mas vai muito além disso, é um movimento de aceitação, porque todo ser humano tem direito a viver a vida com respeito e dignidade. Isso é amor e essa é a mensagem da Mãe Especial.

"A verdadeira perfeição está em enxergar além daquilo que vemos." – Antonia Yamashita

O maior marketing é realizado em redes sociais, como Facebook. A Mãe Especial também esteve presente em eventos e feiras de exposições relacionadas com a deficiência em todo o país. Seus clientes estão espalhados pelo mundo, tendo produtos entregues em países como Japão, Alemanha e Estados Unidos. 

“A alegria e o orgulho transmitido pelos clientes ao usarem os produtos são a resposta para aumentarmos os esforços em busca de fazermos mais e mais. Atualmente trabalhamos para oferecer nossos produtos nos Estados Unidos, a nível nacional, começando por Orlando na Flórida.” 

Apesar de todas as barreiras impostas pela deficiência que por muitas vezes dificultam a vida, os pais encontram em Lucas uma força, um impulso ainda mais forte que traz a certeza de que devem expandir o trabalho na luta pela conscientização da deficiência. Mas eles sabem que não podem cumprir as metas sozinhos. Para uma transformação maior e bem sucedida, outras pessoas precisam entender o símbolo, acreditar na transformação e seguir junto nessa jornada para levar adiante a mensagem e todos são bem-vindos para se juntar a eles.  


Somos todos diferentes e é essa diferença que nos torna únicos. Sonhamos com um mundo onde todos sejam incluídos, onde todos sejam bem vindos!